CATEGORIAS

Mariana contempla história e delícias de Minas Gerais. Uma viagem encantadora e inesquecível que você não pode deixar de fazer.

A Viajar Turismo criou um Guia Completo de Viagens para Marina em Minas Gerais. Confira e boa viagem!

Que tal conhecer uma das mais tradicionais e importantes cidades históricas de Minas Gerais e do Brasil? Mariana é um dos roteiros turísticos mais queridos e celebrados do estado, tendo sido a primeira vila, cidade e capital de Minas Gerais. Repleta de paisagens naturais exuberantes, suntuosa arquitetura colonial e ares setecentistas que nos remetem ao período do Brasil Império e da Inconfidência Mineira. Preservando parte considerável da história do país, sobretudo da era do ciclo do ouro, a cidade oferece charmosas igrejas, museus e casarios coloniais.

Para que você fique por dentro de tudo o que a cidade de Mariana tem à disposição para seus visitantes, a Viajar Turismo – Agência de Viagens Belo Horizonte preparou este Guia de Viagens Mariana nos mínimos detalhes para que você tenha a melhor estadia possível na cidade! Procuramos por todos os charmes e encantos marianenses para trazer a você os melhores pontos turísticos da região, opções de lazer, dicas de como chegar e do que fazer por lá. Confira!

Mariana

Uma das mais importantes cidades históricas do Brasil, sua existência remonta desde 1696, carregando mais de 300 anos de uma incalculável tradição e herança cultural. Mariana foi a primeira vila, primeira cidade e a primeira capital de Minas Gerais, ainda levando consigo fortes traços da era colonial, especialmente em sua cultura, arquitetura e gastronomia. A cidade também tem posição econômica de destaque em Minas Gerais, sendo o maior PIB da microrregião de Ouro Preto e o décimo maior do estado.

Mariana é recheada de charmosas casinhas coloridas, ótimos museus, conjuntos arquitetônicos impressionantes dos séculos XVIII e XIX e belíssimas igrejas. Tanto charme e tradição fazem da cidade um dos melhores destinos para quem deseja entrar a fundo na cultura, história e nos encantos que só Minas Gerais tem. Siga a sua leitura do Guia de Viagens Mariana da Viajar Turismo – Agência de Viagens Belo Horizonte e saiba como chegar à cidade logo a seguir.

Localização e como chegar à Mariana

viajar-turismo-inteligente-belo-horizonte-conheca-mariana-minas-gerais-01

Confira em nosso Guia de Viagens Mariana algumas informações sobre a localização e acesso à cidade.

Localização de Mariana

Mariana se situa no Quadrilátero Ferrífero e na região de Campo das Vertentes, uma das 12 mesorregiões de Minas Gerais. O município possui relevos ondulados e a presença de planaltos, com o Pico do Itacolomi sendo o ponto mais alto de Mariana, a 1.772 metros de altitude. A cidade conta com boa estrutura de rodovias de acesso e o aeroporto mais próximo é o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte – Confins, que recebe voos de todo o território brasileiro.

Como chegar em Mariana

Para quem vem de fora, o caminho mais prático e com as melhores rodovias é pela capital Belo Horizonte, que fica a cerca de 110 km de distância. O Aeroporto Internacional de Confins recebe voos de todas as cidades do Brasil e várias estrangeiras. Do aeroporto até o município de Mariana são aproximadamente 2h30 de viagem em 160 km de estrada em bom estado, sendo a forma mais fácil de acesso.

Confira passagens aéreas promocionais para Belo Horizonte diretamente da Viajar Turismo – Agência de Viagens Belo Horizonte.

Para quem chega do Rio de Janeiro, o trajeto tem 415 km e é feito pela BR-040 e pela Estrada Real, com um tempo médio em torno de 6 horas de viagem. No caso de São Paulo, esteja pronto para um percurso de quase 700 km que se inicia pela BR-381 até Belo Horizonte e depois pela BR-356 até Ouro Preto, variando entre 9 e 11 horas de viagem.

Conheça Mariana

viajar-turismo-inteligente-belo-horizonte-conheca-mariana-minas-gerais-02

Mariana é uma das cidades históricas mais atraentes e importantes de todo o circuito turístico de Minas Gerais. Uma das principais cidades do ciclo do ouro, ela guarda relíquias e tesouros diversos desde o início da história do estado. Mariana era conhecida como Vila do Ribeirão do Carmo até 1745, quando foi elevada à condição de cidade e recebeu o seu nome atual. O nome foi dado em homenagem à D. Maria Ana da Áustria, esposa de Dom João V.

O município é um destino notável pela sua importância na história mineira e nacional. Grandes expoentes da arte brasileira foram projetados em Mariana e deixaram diversas obras na cidade. Alguns deles são o pintor Mestre Ataíde, o poeta e inconfidente Cláudio Manuel da Costa, o inconfidente Padre Joaquim da Rocha e o poeta e orador Frei Santa Rita Durão. A herança desses e outros artistas e grandes talentos se evidencia nas charmosas ruas, na arquitetura das igrejas, museus e casarios coloniais, fazendo com que a cidade pareça um museu a céu aberto.

No passado, a cidade já concentrou duras disputas pelo ouro e um imenso trabalho escravo nas minas locais. Contudo, Mariana não vive só de história, atraindo muitos visitantes com os seus roteiros turísticos culturais, ecológicos, religiosos e aventureiros. Uma boa vantagem é que a cidade de Mariana não é muito grande, permitindo conhecer suas principais atrações a pé e com um simples mapa em mãos.

O que você vai encontrar em Mariana?

viajar-turismo-inteligente-belo-horizonte-conheca-mariana-minas-gerais-04

Mariana promete um destino de viagem agradável e prazeroso, seja para curtir as férias inteiras ou só passar um fim de semana na cidade. As opções de acomodação e hospedagem são diversas, atendendo a todos os públicos e gostos! Há várias charmosas pousadas e hotéis com opções diversas de preços, recursos e serviços. A gastronomia local é mais um charme irresistível com pratos tradicionais da culinária mineira e ótimos bares e restaurantes.

Não deixe de experimentar iguarias mineiras deliciosas, tais como o feijão tropeiro, o pão de queijo, a galinha caipira com quiabo e angu, o torresmo, o frango a molho pardo, vários doces caseiros e os maravilhosos queijos e cafés da região. Com uma ampla oferta de atrativos turísticos, históricos, culturais, ecológicos e gastronômicos, Mariana oferece roteiros e programações excelentes para todos os tipos de perfis! Museus, igrejas, casarios coloniais, paisagens naturais exuberantes e passeios turísticos são alguns dos charmes que Mariana reserva aos seus visitantes.

Por que visitar Mariana é uma ótima ideia?

Além dos famosos roteiros culturais e históricos, muitos turistas brasileiros e estrangeiros procuram Mariana para fazer roteiros de turismo ecológico e esportes radicais em meio ao relevo ondulado e à natureza local. Algumas das atividades mais frequentes são o montanhismo e mountain bike. A região apresenta várias atrações naturais, incluindo as cachoeiras do Brumado, da Serrinha, do Cristal e da Prainha. As redondezas também contam com diversas cavernas e grutas, além de um local próprio para a prática de paraquedismo, o Pico da Cartuxa.

Uma das mais importantes cidades históricas de Minas Gerais, Mariana atrai pela arquitetura colonial e os belos ornamentos dos casarios e edifícios setecentistas. Passear pelo Centro Histórico de Mariana é uma verdadeira viagem no tempo de volta ao passado. O ritmo pacato e sossegado da cidade faz com que ela seja um perfeito refúgio para quem deseja se afastar de centros urbanos caóticos e destinos turísticos muito aglomerados.

A dica é não se ater apenas às fachadas das construções, já que o interior das igrejas, museus e outros edifícios históricos também comportam belezas únicas e alguns dos tesouros da arquitetura local. Toda a herança e influência do período colonial ainda perduram na arquitetura, nos hábitos, nos pratos típicos e nos ricos acervos distribuídos por toda a cidade.

Atrações Turísticas de Mariana

Confira em seguida no nosso Guia de Viagens Mariana as melhores opções de roteiros e atrativos turísticos da cidade. Vale lembrar que a Viajar Turismo – Agência de Viagens Belo Horizonte possui ótimos pacotes de viagens para Mariana. Dessa forma, você pode conhecer bem de perto toda a beleza e a imponência dessa maravilhosa cidade histórica de Minas Gerais.

Pontos Turísticos de Mariana

Praça Minas Gerais e igrejas São Francisco de Assis e Nossa Senhora do Carmo
viajar-turismo-inteligente-belo-horizonte-conheca-mariana-minas-gerais-05

A Praça Minas Gerais é um dos principais cartões-postais e pontos turísticos de Mariana, abrigando duas de suas mais importantes igrejas. Tratam-se das igrejas São Francisco de Assis e Nossa Senhora do Carmo, que preservam o estilo arquitetônico colonial e barroco até os dias atuais. A Igreja São Francisco possui nave e sacristia trabalhados em pinturas de Mestre Ataíde, cujos restos mortais estão sepultados na igreja. Os púlpitos em pedra sabão são atribuídos a Aleijadinho. Logo ao lado fica a Igreja de Nossa Senhora do Carmo, que apresentava teto pintado por Francisco Xavier Carneiro. Em 1999, a igreja sofreu um grave incêndio durante a sua restauração. Apesar de algumas pinturas e obras terem sido perdidas, o altar-mor se manteve conservado.

Além disso, a praça comporta a Casa de Câmara e Cadeia, aberta a visitações e com mobiliário e arquitetura de época preservados. Também na região fica o Pelourinho, mantendo viva a lembrança do passado sombrio do Brasil Colônia, quando o trabalho escravo ainda era uma prática muito comum e difundida. A Igreja de São Francisco de Assis funciona de terça a domingo, das 8h às 12h e de 13h às 17h. O valor do ingresso é de R$ 4. A Igreja Nossa Senhora do Carmo tem entrada gratuita e funciona de terça a domingo, das 9h às 12h e das 13h30 às 17h. A Casa da Câmara e Cadeia também possui entrada gratuita e abre de segunda a sexta, das 8h às 18h.

Museu Alphonsus de Guimaraens

Este sobrado foi a moradia do juiz, poeta e escritor Alphonsus de Guimaraens, que viveu no local entre 1913 e 1921. Mantendo seus traços característicos da arquitetura setecentista, o local hoje funciona como museu, apresentando um incrível acervo com objetos, documentos, arquivo e biblioteca pessoais. Uma breve visita ao museu já permite ver de perto como foi a vida e obra de um dos maiores autores neorromânticos e simbolistas do Brasil. O Museu Alphonsus de Guimaraens tem entrada gratuita e funciona de segunda a sexta, de meio-dia às 18h. A estrutura é adaptada para pessoas idosas e com dificuldade de locomoção, além de oferecer visitas monitoradas pelo museu.

Museu Arquidiocesano de Arte Sacra

O Museu Arquidiocesano de Arte Sacra é um dos grandes símbolos de toda a influência da religiosidade e da fé cristã na história de Mariana. Seu acervo reúne diversos objetos utilizados em cerimoniais religiosos, incluindo esculturas, prataria, móveis, joias, vestes, pinturas, entre outros. Algumas de suas obras são atribuídas a Aleijadinho e ao Mestre Ataíde. O local funciona de terça a sábado, de 8h30 às 12h e de 13h30 às 17h, e aos domingos e feriados, de 8h30 às 14h. A entrada custa R$ 5 e conta com meia-entrada para estudantes e pessoas acima de 60 anos. O ingresso ainda inclui entrada no Museu da Música e na Catedral da Sé (quando está aberta).

Praça Cláudio Manuel e Catedral Basílica da Sé

A Praça Cláudio Manuel é mais um local de visita indispensável em Mariana, abrigando a suntuosa Igreja Matriz de Nossa Senhora da Assunção, também conhecida como Catedral da Sé. Esta é uma das primeiras construções religiosas da história de Minas Gerais, compondo o vasto conjunto das mais ricas e importantes igrejas do estado. Apesar da arquitetura simples e sóbria na fachada, é o seu interior que guarda os maiores tesouros. Ornamentos e decoração detalhados se encontram por toda a parte interna, incluindo obras atribuídas aos Mestres Ataíde e Aleijadinho.

Um charme mais do que especial da igreja é o seu magnífico órgão Arp Schnitger, construído pelo alemão de mesmo nome na primeira década do século XVIII. O órgão chegou à cidade em 1753, como um presente do rei D. João V ao primeiro bispo de Minas Gerais. Sua manufatura combina os estilos alemão e português, uma das mais bem conservadas do tipo no mundo, sendo o único encontrado fora da Europa. A Catedral funciona de terça a domingo, das 7h às 17h, com ingressos entre R$ 4 e R$ 10. Os concertos com o órgão acontecem regularmente às sextas-feiras, às 11h30, e aos domingos, às 12h15. A entrada para acompanhar o concerto custa R$ 35.

Parque Estadual e Pico do Itacolomi

Apesar de muitos acreditarem que o Pico do Itacolomi fica em Ouro Preto, na verdade ele pertence à Mariana. Esta é uma impressionante formação rochosa de 1.752 metros de altitude que serviu como referência de percurso para os bandeirantes. Atualmente, o Parque Estadual do Itacolomi preserva este patrimônio natural que representa um marco do ciclo do ouro. Encante-se com toda a imponência da vegetação, vales, cursos d’água, formações rochosas e paisagens deslumbrantes!

O acesso é feito pela Rodovia dos Inconfidentes e as visitas são feitas mediante autorização. O local conta com estacionamento gratuito, estrutura adaptada para pessoas idosas e visitas guiadas. O parque está aberto para visitas de terça a domingo, das 8h às 17h. O credenciamento para as visitas é feito até às 16h e os ingressos variam entre R$ 5 durante a semana e R$ 10 nos fins de semana e feriados. Crianças (até 5 anos), idosos (acima de 60) e moradores de Ouro Preto e Mariana que apresentarem comprovante de residência têm direito à gratuidade.

Mina da Passagem

A Mina da Passagem é uma atração compartilhada por Mariana e Ouro Preto, situada entre as duas cidades. Parte das atrações da região são as visitas e passeios pelas antigas minas locais. Entre todas elas, destaca-se a Mina da Passagem, autodeclarada como a maior mina aberta para visitação no mundo! O local promete um retorno ao passado, permitindo ver de perto como era a busca e a extração de metais e pedras preciosas desde o século XVIII ao XX. Por ser uma mina industrial, o túnel de acesso é bem maior do que nas outras minas, fazendo uma descida de 120 metros em um antigo carrinho que era utilizado pelos mineradores.

É estipulado que a Mina da Passagem tenha rendido a extração de mais de 35 toneladas de ouro, atualmente servindo apenas para atividades de turismo. As visitas duram 1 hora em média, sendo feitas em um passeio guiado com explicações sobre o ciclo do ouro, bem como sobre a organização e a rotina de trabalho da mina. O valor do ingresso para visita é de R$ 60. O local funciona às segundas e terças, das 9h às 17h, e de quarta a domingo, das 9h às 17h30.

Praça e Basílica de São Pedro dos Clérigos
viajar-turismo-inteligente-belo-horizonte-conheca-mariana-minas-gerais-06

A Praça de São Pedro fica no coração do Centro Histórico da cidade, abrigando uma das principais atrações locais. Trata-se da magnífica Basílica de São Pedro dos Clérigos, situada no alto do mirante de Mariana. Sua construção teve início em 1752, mas nunca foi totalmente concluída. A arquitetura em formato oval e a fachada de arenito alçaram a Basílica ao patamar de um dos mais belos e celebrados monumentos históricos de Mariana. Ao visitar o local, não deixe de subir até o campanário para apreciar uma paisagem exuberante da cidade. A Basílica abre para visitações diariamente, funcionando das 9h às 12h e de 13h às 17h.

Praça Gomes Freire

Próximo ao Museu Arquidiocesano de Arte Sacra fica a charmosa Praça Gomes Freire, carinhosamente conhecida entre os moradores como Jardim. Este é um dos lugares mais aprazíveis de Mariana, sempre oferecendo um charme para todos os gostos nas suas árvores, lagos, pontes e no coreto. As redondezas da praça também concentram ótimas lojas de artesanato, áreas verdes, belos casarios coloniais e boas opções de lanchonetes e restaurantes.

Passeio de Maria Fumaça Mariana-Ouro Preto

Nossa última dica de atração turística em Mariana é uma das mais encantadoras e especiais. Trata-se do passeio de Maria Fumaça que liga as cidades históricas de Ouro Preto e Mariana. O percurso é realizado em uma locomotiva de meados do século XX com uma suntuosa decoração interna de madeira, conforme o estilo da época. O trajeto tem 18 km e a viagem dura cerca de 1 hora.

Ainda que essa não seja a opção mais veloz de deslocamento entre as cidades, a viagem é fascinante e apresenta belas paisagens campestres do interior mineiro. A dica é fazer a viagem nos vagões panorâmicos, que permitem uma visão esplêndida dos mares de morros e das charmosas cachoeiras. A viagem com saída de Mariana acontece nas sextas e sábados, às 13h e às 16h, bem como nos domingos, às 14h30.

Chegamos ao fim do nosso Guia de Viagens Mariana! Deu para ficar por dentro dos principais roteiros e atrativos turísticos da cidade? Não perca a chance de vivenciar memórias únicas em uma das mais fascinantes e importantes cidades históricas de Minas Gerais!

Vale ressaltar que a Viajar Turismo – Agência de Viagens Belo Horizonte proporciona para você a oportunidade de aproveitar momentos inigualáveis conhecendo destinos fora do convencional. Entre as várias opções disponíveis, nós montamos o melhor pacote para a sua viagem a essa rica cidade mineira. Faça-nos uma visita e encontre a oportunidade ideal para você!